21 Cuidados que você precisa ter quando decide adotar um cãozinho

Adotar um cão é um gesto admirável. Milhares deles vivem nas ruas ou em abrigos em condições lamentáveis. Quando uma pessoa decide levar para casa um animalzinho que vive nestas circunstâncias está praticando um ato de amor. Porém, adotar um cão não é tão simples quanto parece. Há alguns cuidados que devem ser tomados e fatos há serem conhecidos antes de formalizar a adoção.

21 – TAMANHO

Certifique-se a altura provável que o cachorro irá alcançar. Não é incomum pessoas levarem para casa filhotes e em pouco tempo eles chegarem a um porte que não imaginavam. Este alerta vale mais para pessoas que moram em apartamentos.

20 – DESPESAS GERAIS

Manter um cachorrinho não é barato. Ele dá despesas sim! Você precisará levá-lo a consultas médicas, comprar comida e brinquedos. Eventualmente se você viajar e não puder levar seu pet, terá mais despesas se decidir colocá-lo em um hotel para cachorros ou se contratar alguém para cuidá-lo neste período.

19 – COMPROMETIMENTO

Lembre-se que um cão não é um bichinho de pelúcia que você brinca e depois joga em um canto. Seu novo amigo tem coração e vai se afeiçoar a você. A responsabilidade em mantê-lo feliz e saudável é sua.

18 – TREINO

Se você deseja que o cãozinho tenha um bom comportamento, providencie aulas de adestramento. Mas nem sempre o resultado vem na rapidez que desejamos. Tenha paciência com seu bichinho. Um cão mais velho e treinado convivendo no mesmo ambiente ajuda bastante.

17 – CASTRAÇÃO

Os veterinários recomendam a castração em cães para eles se tornarem mais calmos e saudáveis, sem falar que é uma precaução contra ninhadas indesejáveis.

16 – EXERCÍCIOS

Cães adoram passear e alguns só conseguem fazer xixi e cocô na rua. Portanto, fique preparado para passeios em horários inusitados. Além disso, cães também precisam esticar as patas. Ficar sempre dentro de casa entedia e estressa os animais.

15 – ESCOVAR

Cães de pelo longo precisam ser escovados regularmente. É uma atividade que toma tempo. Pode ser aborrecido desembaraçar a pelagem. Caso você anteveja que isto será um problema, escolha uma raça de pelo curto.

14 – PELOS POR TODA A CASA

Quem tem animais sabe que cães costumam soltar pelos pela casa inteira. Desta forma, se você sente algum incômodo com isto, reveja sua disposição em adotar um cão.

13 – DENTES

Cães precisam de cuidados dentários. Uma boa escovação previne contra doenças sérias. Consulte o veterinário e peça orientação sobre como realizar este procedimento que não é tão complicado assim.

12 – SAPATOS SABOROSOS

Cães adoram brincar com sapatos e, às vezes, mastigá-los também. Isto é bem comum e pode ser resolvido com aulas de adestramento.

11 – DECORAÇÃO DESTRUÍDA

Cachorrinhos brincalhões e estabanados volta e meia derrubam coisas. Talvez seja preciso mudar alguns mobiliários da casa para evitar qualquer problema ou machucado no cão.

10 – PLANTAS NOCIVAS

Ter plantas em casa é muito bom e renova os ambientes, porém existem determinadas espécies que podem ser tóxicas para cães. Na dúvida remova as plantas antes do seu bichinho chegar.

09 – COMIDAS PERIGOSAS

Cães não podem comer de tudo. Existem muitos alimentos que fazem mal a eles. Converse com o veterinário e se informe a respeito. Alimentos como chocolate, por exemplo, são muito perigosos para os cães.

08 – ACESSÓRIOS PARA CÃES

Para deixar seu animalzinho confortável você precisará comprar alguns itens não muito baratos. Coleira, tigelas para comida e água, acessórios de higiene, brinquedos e uma cama bem fofinha fazem a alegria deles.

07 – VETERINÁRIO

Antes de adotar um cão, escolha um veterinário experiente e dedicado. Peça indicação dos amigos.

06 – UNHAS BONITAS

Não é só você que tem o direito de ter unhas bonitas. Cães precisam estar com as garras aparadas para poderem se locomover melhor. Se você não se sente seguro em cortar as unhas do seu cãozinho, leve-o a um petshop ou veterinário.

05 – CARROS

Eles adoram passear de carro. Quem nunca viu um cachorrinho com orelhas ao vento na janela de um automóvel? Mas fique atento. O interior do veículo pode ficar quente em questão de segundos e causar danos sérios ao bichinho. Infelizmente é comum lermos notícias de cães que morreram trancados dentro de carros por negligência ou descuido dos seus donos.

04 – PULGAS E CARRAPATOS

Esteja sempre alerta para evitar pulgas e carrapatos, principalmente no verão. O veterinário é a pessoa indicada para orientá-lo como fazer o tratamento corretamente.

03 – DIETA SAUDÁVEL

À medida que o bichinho vai crescendo, as necessidades nutricionais vão mudando. Controle a ingestão de comida. Um cão obeso pode ser bonitinho, mas não é nada saudável.

02 – ÁGUA POTÁVEL

Deixe um pote de água fresca sempre à disposição do cão. Hidratação é fundamental também para animais.

01 – SOCIALIZAÇÃO

Não crie o cãozinho sempre dentro de casa, se possível. Leve-o à rua para que ele tenha contato com outros cães e pessoas. Deixá-lo recluso pode torná-lo arisco, mal-humorado e inseguro.

Fonte: Cães Online 

 

Voltar para o blog